Home / Competições / Filipe Toledo e Tatiana Weston-Webb foram os campeões do US Open

Filipe Toledo e Tatiana Weston-Webb foram os campeões do US Open

toledo

O Brasil teve muito o que comemorar neste domingo dentro do mar. Em um período de intervalo do Circuito Mundial de Surfe (WCT) masculino, grande parte dos surfistas da elite optaram por competir o Vans US Open of Surfing, realizado em Huntington Beach, Califórnia (EUA), uma das etapas mais tradicionais da divisão de acesso (WQS). No feminino, que vale como se fosse um evento da primeira divisão, Tatiana Weston-Webb foi a campeã, enquanto no masculino, Filipe Toledo confirmou seu favoritismo e levou a taça pela segunda vez.

Na decisão do feminino, Tatiana teve pela frente a havaiana Malia Manuel. E não deu chances: em dez ondas surfadas, conseguiu duas notas consistentes (7,33 e 5,63), somou 12,96 e levantou o caneco. A rival, em oito tentativas, conseguiu apenas 11,34 (5,17 e 6,17). Com a vitória, ela ganha duas posições e assume o quarto lugar da classificação geral, com 35,150 pontos.

Tatiana Weston-Webb, 20 anos, nasceu em Porto Alegre, mas com apenas duas semanas de vida mudou para a ilha de Kauai, no Havaí, onde foi criada pela mãe, a bodyboarder gaúcha Tanira Guimarães, e pelo pai, o surfista Doug Weston-Webb, inglês criado nos Estados Unidos. Ela participa das competições representando a bandeira do Havaí, mas possui uma série em um canal de televisão do Brasil, onde faz questão de mostrar suas ligações com a terra natal.

No masculino, Filipe Toledo, que já foi campeão desta etapa em 2014, fez uma final impecável para conquistar o bicampeonato. Em casa, já que se mudou para Califórnia há alguns anos, o surfista de Ubatuba teve um ótimo desempenho. Apesar das ondas pequenas e de uma formação irregular, ele demonstrou um bom repertório de manobras para vencer o australiano Ethan Wing por 14,90 (7,83 e 7,07) a 10,46 (4,33 e 6,13).

Filipinho, como é conhecido, disputou o título mundial até a última etapa do ano passado, no Havaí, mas acabou na quarta posição. Nessa temporada, ele perdeu duas etapas por contusão e aparece apenas no 13º lugar. A próxima janela de competição abre no próximo dia 19, no Taiti, e fica aberta até 30 de agosto.

Fonte: Uol

(Visited 957 times, 1 visits today)

Check Also

surf

Circuito Medina/ASM – Maresias

A nova geração do surf brasileiro deu um novo show nas ondas da Praia de ...