Home / Curiosidades (Quê?) / AS 7 MARAVILHAS DO SUP NO BRASIL

AS 7 MARAVILHAS DO SUP NO BRASIL

nicole-pacelli

As 7 maravilhas do SUP no Brasil

Nicole Pacelli elenca os 7 melhores picos para você praticar Stand Up Paddle no Brasil

Por Maíra Pabst

Nicole Pacelli é a maior representante do SUP feminino brasileiro. Campeã mundial, ela vive pelo mundo treinando e competindo. Mas garante que no Brasil, também tem ótimos picos para praticar o esporte. Então pedimos para que ela escolhesse os 7 melhores picos do Brasil. E está ai a lista de Nicole Pacelli, com suas próprias palavras. Faça suas anotações, pegue seu SUP e boa viagem!

Maresias (São Paulo):

Maresias pra mim é a melhor onda do Brasil. Também sou um pouco suspeita para falar hahaha… Praticamente cresci aqui e aprendi quase tudo que sei sobre surf. Hoje em dia, moro em Maresias, e aqui é o meu principal local de treino! A onda é forte e tubular, não recomendo para quem esta aprendendo a surfar de SUP. Mas para a galera que quer evoluir em ondas fortes é perfeito! O único problema é que em dias grandes não tem canal, chegar no outside de Stand Up é um pouco difícil, mas tudo faz parte do treino.

Guarujá (São Paulo):

Eu morei até os 6 anos no Guarujá. A primeira vez que fiquei em pé numa prancha foi lá. Também foi lá que subi pela primeira vez em um Stand up, há 8 anos. Por isso sempre vai ser um lugar especial pra mim. O Guarujá é muito constante de onda, da pra você surfar praticamente todos os dias do ano, por isso é muito fácil de evoluir no Stand up. Sem contar que existem vários tipos de ondas diferentes (ondas mais rápidas, mais gordas, longas, curtas, etc..).Tem varias ondas boas por ali! Acho que é o lugar perfeito pra quem quer aprender a surfar de SUP!

Porto de Galinhas (Pernambuco):

Fui pra Porto de Galinhas duas vezes para correr um campeonato e me apaixonei. As praias são lindas, a água é quente e transparente e faz calor quase todos os dias do ano! O lugar é bom para o surf de SUP e também para as remadas. Vários recifes de coral fazem piscinas naturais lindas, o que deixa a remada mais prazerosa. A praia do Cupe é minha recomendação para o surf, já ganhei dois campeonatos lá, a onda é boa e manobrável, principalmente na maré cheia.

Nicole Pacelli © Robert Astley Sparke/Red Bull Content Pool
Itacimirim (Bahia):

Conheci Itacimirim também por causa dos meus campeonatos. É uma cidadezinha no litoral norte da Bahia com praias muito lindas. Vários recifes de coral fazem baias protegidas do vento o que proporciona locais ideais pra quem quer remar de Stand Up, sem falar que o visual é maravilhoso. Itacimirim também tem altas ondas! Ondas com fundo de pedra para surfistas mais experientes e com fundo de areia para quem quer um surf mais tranquilo. Todas as ondas tem um canal perfeito, o sonho para todo surfista de SUP.

Bahia © Max Interaminense
Ibiraquera (Santa Catarina):

A praia de Ibiraquera é muito especial pra mim, foi lá que eu ganhei o meu primeiro título brasileiro de Stand Up em 2010. O lugar é muito bonito e preservado, o único problema é que as vezes é frio. A onda mais famosa de Ibiraquera é uma esquerda que quebra perto da Ilha do Batuta. Uma onda bem longa e manobrável, perfeita pra quem quer treinar. As remadas de Sup também são uma boa pedida, a lagoa de Ibiraquera é perfeita para remar e também da para fazer passeios ao redor da Ilha do Batuta. Gosto de voltar a Ibiraquera quase todos os anos.

Ibiraquera
Rio Araguari (pororoca- Amapa):

Foi um dos lugares mais diferentes e extremos que surfei de SUP. Fui a primeira mulher a pegar uma onda de SUP na pororoca. Tive que fazer uma viagem de 20 horas de barco pelo rio Araguari até chegar no lugar da onda, no meio da floresta amazônica do Amapa. Foi uma viagem com direito a cobras, jacarés, ondas de 2 metros, ficar perdida no meio do rio, surf de madrugada, banho de rio, 7 dias sem espelho e sem comunicação nenhuma, longe de tudo e de todos. Mas infelizmente com assoreamento do rio a pororoca do Araguari mudou, a onda esta menor e ruim. Sou muito grata e honrada por ter surfado essa onda e conhecido esse lugar, para mim ela sempre vai fazer parte das 7 maravilhas do SUP no Brasil. Com certeza foi a viagem mais animal da minha vida.

Nicole Pacelli na pororoca do Amapa © Arquivo Pessoal
Baleia (São Paulo):

Eu costumo ir para a Baleia quando Maresias está insurfável. Mesmo quando esta grande sempre da para surfar na Baleia. A onda quebra bem longe da praia e abre muito, perfeita para quem quer treinar manobras de SUP e evoluir. As ondas do canto direito da praia sempre são maiores e vão diminuindo em direção ao meio da praia. Você pode escolher o tamanho de onda que quer surfar e entrar onde se sentir confortável. Ou seja, a praia da Baleia é perfeita para qualquer surfista de SUP, do iniciante ao profissional.

Fonte: Redbull

(Visited 62 times, 1 visits today)

Check Also

live-surf-descoberta-atlantico

Grande Descoberta no Atlântico

videoPlayer__playButton–rectCreated with Sketch. 01:30 Andrew Cotton lança documentário com a história da descoberta de uma ...